Gabinete da Empreendedora | Podemos ajudar? 
Only logged in users are allowed to enter the chat

Sara, nasceu em Cascais à quase 38 anos. Considera-se uma mulher simples, que gosta mais do campo e do que lhe é inerente do que da cidade. Sente-se empreendedora e lutadora pois a vida exigiu que sempre lutasse muito pelo próximo passo. Amiga e leal, detesta a ingratidão e a mentira. Mulher, Mãe e uma enorme protectora dos animais e da natureza.

Sou sonhadora mas com sonhos que sei que consigo alcançar, porque não quero gastar energia com o “gostava de ganhar o euromilhões”. Sei o quero, já alcancei muito, e sei para onde vou e como lá chegar. Mas tenho a consciência de que as coisas demoram o seu tempo, e que no caminho vou encontrar muitas pedras. Terei de as escalar e ultrapassar.

Como começou o teu percurso profissional?

Comecei por fazer um part-time como assistente de escritório numa empresa de Recursos Humanos. Tinha os meus 19 aninhos quando ganhei o meu primeiro ordenado de 250 CONTOS. (risos) Nunca mais me vou esquecer da imagem daquele cheque e do orgulho que senti por mim. Depois continuei e trabalhei em várias áreas. Informática, seguros, Assistente administrativa, Técnica de imagiologia num hospital veterinário, e o meu maior percurso foi na parte de Serviço Pós Venda na AUCHAN, onde comecei como colaboradora e cheguei a responsável de secção. Nessa altura queria passar para outro desafio e fui para Responsável de Logística e Serviço Pós Venda, Responsável das entregas da zona da grande lisboa e ainda responsável pela clinica de informática na FNAC do Colombo.

Engravidei e toda a minha vida deu uma volta de 180º.

Como começou o gosto pela arte de criar, de trabalhar com as mãos?

Pensando bem… acho que vem de berço. Cresci no campo. Os meus primeiros 12 anos foram vividos numa zona em que não tinha electricidade, wc, água… portanto era mesmo o campo profundo. Nesses locais tudo o que fazes é com as tuas próprias mãos e aprendes a criar, a respeitar a natureza e tudo o que ela te dá.

Como nasceu a COA – Carpintaria e Outras Artes?

A COA nasceu de uma prenda de natal que decidi comprar para o meu marido (e claro…que eu iria utilizar também ). O meu marido cresceu também num ambiente parecido ao meu, embora um pouco mais evoluído, e também tem o mesmo tipo de gosto. Como diz o provérbio “junta-se a fome à vontade de comer”. O meu tio queria vender uma mesa de carpinteiro muito antiga pois ocupava muito espaço… e eu comprei-a! Começámos a brincar fazendo disso um hobbie. Ele entretanto tem o seu trabalho e por ele a COA nem existia. Mas eu percebi que era a altura de mudar a minha vida e investir em mim e no que gosto. Percebi também que existe um nicho de mercado que ainda valoriza a qualidade. Como tal fui desenvolvendo o negócio com naturalidade, sendo que a maioria dos trabalhos são em madeira trada (floreiras, caixotes do lixo, banco) para exterior. Na altura quase não existiam.

Hoje em dia encontram-se na internet mas… há sempre um mas… É muito importante aproveitar o espaço que temos, pois muitos de nós vivem em prédios ou vivendas. Queremos um jardim bonito, mas o espaço tem de ser estudado. Como tal, faço as coisas por medida, assim como faço com robustez. Não utilizo pregos ou agrafos, apenas parafusos. Podem não acreditar, mas faz uma diferença enorme na durabilidade das peças.


Que ideias e novidades sobre a COA, tens para partilhar connosco?

Bem, existem sim outras ideias para a COA. Não as vou revelar pois o segredo é a alma do negócio. No entanto posso dar uma pista… vejam bem o significado do nome da COA (Carpintaria e Outras Artes). Tenho a certeza que conseguirão pensar em alguma coisa 

Já alguma vez tiveste vontade de desistir?

Da COA não! Confesso que tenho tido períodos muito difíceis, mas quem não os tem? Costumo dizer que se não existisse o mau, não saberíamos dar valor ao que é bom. No entanto sei que o futuro é bem melhor. Tenho essa certeza dentro de mim. E como tal, é só ir ultrapassando das melhor forma os obstáculos… e chegarei onde quero!


Como uma verdadeira lutadora pelos teus ideais, que conselhos deixas a algumas mulheres que nunca tiveram a coragem de lutar pelo sonho?

Sei que há situações muito difíceis, mas só há impossíveis se o permitirmos. Tudo tem de vir de dentro de nós! Se realmente quisermos conseguimos, não tenho a mínima dúvida disso. As mulheres são uma força incrível da Natureza! Parem e olhem bem para vocês. Vejam tudo o que conseguem fazer! Somos mulheres, e por isso temos de ser mais fortes e resilientes em tudo. Somos mães, e por isso temos mais empatia e somos mais emotivas. Somos psicologicamente dotadas de capacidades incríveis. Somos filhas e netas, e por isso temos compaixão, reconhecimento e valorizamos o outro. Só não somos ainda algo que nos faria mesmo invencíveis… não somos unidas.

Algo também muito importante é não se isolarem! Rodeiem-se de algumas pessoas que vos sirvam de apoio, de porto de abrigo. E saibam que há mais quem nos deite a baixo do quem nos ajuda.

Que balanço fazes como mulher empreendedora, desde que estas com a rede AASM?

A Associação Adoro.Ser.Mulher foi o meu porto de abrigo. O tal que já falei que realmente precisamos. Entrei para a Associação por uma sorte incrível, fez 1 ano em Janeiro. Desde aí…sinceramente nem há palavras. Mais do que negócios que possa vir a fazer, o apoio e a força que me deram e continuam a dar é realmente o mais importante. E por isso mesmo candidatei-me a Gestora de Almada. Porque quero também eu ajudar outras mulheres.

A Associação Adoro.Ser.Mulher é mais do que se possa pensar. Não é só o Networking! Se fosse, não seria a minha praia. É um conjunto de mulheres extraordinárias que quando se juntam dão energia umas às outras! Somos mulheres que tentamos ajudar-nos seja de que forma for. Hoje precisas tu, amanhã posso precisar eu. Associativismo é imprescindível e um dos pilares. Tenho um enorme orgulho e sorte em pertencer a esta Associação, que quero que cresça pois é sinal que muitas mais mulheres cresceram com ela!

Onde podemos ver mais sobre o teu trabalho?

Podem ver os meus trabalhos no site: https://carpintaria-e-outras-artes.webnode.pt-  

Na nossa página de Facebook

No meu perfil da Rede Social Adoro Ser Mulher, no likedIn e ainda no Google MyBusines


Aceitas qualquer tipo de encomenda?

Aceito qualquer tipo de desafio, desde que depois de avaliar tenha a certeza de que consigo fazer, e fazer bem! De outra forma não faz sentido dizer que se faz, e depois não conseguir ou fazer um ma trabalho. Nada me dá mais prazer do que saber que os meus clientes ficaram satisfeitos e têm o que queriam!

O que quero é criar e reciclar com Amor.

Quero apenas aproveitar se me permitem, para agradecer a entrevista. É sempre um prazer ver que querem saber mais sobre nós e sobre os nossos projectos.

Quero também pedir a quem estiver ler, que antes de deitar um móvel ou algo que consideram velho para o lixo, olhem bem para o que têm. Vejam se com a vossa criatividade não o podem tornar mais moderno, mais ao vosso gosto.

Lembrem-se que as árvores são mais importantes para nos permitir respirar do que para termos um móvel novo… comprem sim, mas em consciência. Façam parte da sustentabilidade do nosso planeta. Reciclem, criem, respeitem e ajudem a melhorar o que já tanto estragámos.

© 2019 Associação Adoro.Ser.Mulher | Rede Emprendedorismo Feminino Internacional |    Contactos   |    Termos de Utilização e Privacidade

or

Log in with your credentials

or    

Forgot your details?

or

Create Account

Malcare WordPress Security